quinta-feira, 29 de abril de 2010

the ministry department of silly walks name

A estrutura orgânica e funcional nova proposta para o município inclui o «departamento da cidadania» que, pelas divisões que o compõem, percebe-se, corresponde ao actual «departamento de educação, cultura e acção social» - vide Notícias de Ourém, n.º 3772, 23.abril.2010, p. 8. A denominação «departamento da cidadania» tem tanto de gongórico quanto de equívoco. É que qualquer um dos outros departamentos - «departamento administrativo e do planeamento» e «departamento do território» - é também departamento da cidadania, pelo motivo sobejo e evidente de estarem relacionados igualmente com direitos de qualquer cidadão. Ou será que alguém entende que, por exemplo, o orçamento municipal ou um plano municipal de ordenamento do território concernem menos à cidadania do que uma actividade cultural ou de lazer? Enfim, para além de não ser necessário inventar o que já está inventado - como atesta o que sucedeu com a denominação dos restantes departamentos municipais -, se era para inventar, podiam ter amanhado um nome para o departamento que fizesse sentido e que não fosse a armar ao pingarelho tão ostensivamente.

Sem comentários: